01 fevereiro, 2006

De Dentro - Ivan Pielke

"Por onde andar
Quando não se encherga mais?
Não ter no que segurar
Queria meu amor aqui

Eu entendia tudo
Era diferente de hoje
Eu tinha o mundo
Onde ela está?

Ah, tenho amigos
Às vezes me levantam
À vocês muito obrigado
Mas não adianta... ela não está ao meu lado

Lá fora existe algo?
Tento olhar pela janela
Aqui dentro só estrago
Mas não vejo nada

Tá aqui dentro tatuado
Não sai mais
Não adianta
Ó coração amargurado

Não me olha mais
O jardim perdeu o brilho
As flores murcharam
Dor é o que eu sinto

A esperança e a saudade
Não me deixam nem um minuto
Mas hoje tudo acaba

Que as pessoas não fiquem de luto"


------------------------------------------

É meus últimos dias andam bem. Graças a Deus estou em paz comigo mesmo. Coisa que há algum tempo não via em mim.
Agradeço muito a Deus pela vida que me deu. Olho pra trás e vejo que um dia quis acabar com ela. Seria jogar fora a 2ª coisa mais importante. A vida. A 1ª é o amor.


"Só o amor é luz e há de estar daqui"

Um comentário:

sinara disse...

rezei p q tu n fizesse isso! fico feliz em hj t ver sorrindo e feliz!
te amo guri! bju