04 março, 2010

Empréstimo

Não mais emprestarei dor à poesia. Ela sempre devolve.

Nenhum comentário: